Coluna – Carnívoros│Notícia

por Bruno Nogueira

 

            Investigações comprovam que, no primeiro ano de seu mandato, Luís Inácio Lula da Silva inventou a morte.

            Investigações da polícia federal lideradas pelo juiz Sérgio Moro acabam de descobrir que a morte foi inventada por Lula para eliminar membros da oposição do Partido dos Trabalhadores. Quando questionamos Lula a respeito, ele riu e ignorou nossa pergunta — um indício da culpa do ex-presidente.

            Isso dá ainda mais credibilidade às afirmações de que Lula providenciou a morte do próprio neto para sair da cadeia, e às acusações de que, no dia do enterro, o ex-presidente colocou em andamento esquemas que levariam à Tragédia de Brumadinho (afetando a respeitadíssima Vale) e plantou pistas incriminadoras contra os filhos do presidente Bolsonaro, minando a popularidade do governo.

            Isso significa que, graças a Lula, 3 milhões de crianças morreram de desnutrição na África em 2011. Os mais de quatro mil trabalhos feitos pelas universidades brasileiras na luta contra o câncer também são anulados por essa medida, que mostra a hipocrisia do prisioneiro do estado ao assinar a lei do desarmamento pouco depois de tornar possível a morte dos habitantes do país.

            Quando questionado a respeito dos registros de morte anteriores a 2003, o juiz Sérgio Moro afirmou, com retweet do presidente Bolsonaro, que a lei assinada por Lula foi aplicada retroativamente ao longo de milhares de anos, indicando a culpa de Lula pela extinção dos dinossauros e pela morte de Jesus.

 

*Bruno Nogueira é um escritor e tradutor mineiro, nascido em Lagoa da Prata e radicado em Curitiba, onde busca concluir um mestrado em literatura.

1 Comment

  • Salvio Nienkotter Posted 11 de junho de 2019 13:54

    Muito bom, Bruno. Você foi longe mesmo. Parabéns!

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *